Home / Brasil / Cachê de Ivete Sangalo gera bate-boca entre governador e procurador
Valor do show pago nesta quarta-feira foi de R$ 650 mil

Cachê de Ivete Sangalo gera bate-boca entre governador e procurador

O cachê de R$ 650 mil pagos à cantora Ivete Sangalo no show realizado pela baiana na última sexta-feira (18), em Sobral, interior do Cera´, durante a inauguração de um hospital na cidade, causou o maior reboliço no Estado. O governador Cid Gomes (PSB) e o procurador de Contas, Gleydson Alexandre, bateram boca pela imprensa.

“O que é o Ministério Público de Contas? É um garoto que deseja aparecer e fica assim criando caso. O MP é uma parte. Ele entrou com uma ação, o presidente do Tribunal indeferiu e aí, pra ganhar mídia, pra ficar aparecendo na imprensa, fica fazendo recurso”, disse Cid que proneteu continuar gastando com lazer.

Gleydson emitiu nota oficial à imprensa nesta quarta-feira (23). “As declarações feitas pelo Excelentíssimo Sr. Governador do Estado do Ceará, Cid Gomes, em relação a minha atuação no caso da contratação da artista Ivete Sangalo, mostram-se desrespeitosas ao Ministério Público de Contas (MPC) e demonstram que o Chefe do Executivo Estadual não tem o menor respeito pelas Instituições Democráticas”, escreveu.

O pagamento do cachê da cantora foi feito nesta quarta-feira.

 

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios *

*

2 × 5 =