Home / Brasil / Tragédia no RS: 80 vítimas ainda em estado grave, afirma ministro
Parentes das vítimas estiveram nos hospitais para localizar os parentes

Tragédia no RS: 80 vítimas ainda em estado grave, afirma ministro

Um dia depois da tragédia ocorrida em uma festa universitária na boate Kiss, em Santa Maria, na região central do Rio Grande do Sul, cerca de 80 feridos ainda estão em estado grave, segundo o ministro da Saúde, Alexandre Padilha. O incêndio deixou 231 pessoas mortas no domingo (27).

Em entrevista coletiva na manhã desta segunda-feira (28), o ministro disse que os pacientes, vítimas do incêndio ocorrido na casa noturna, recebem “cuidados intensivos”. “Queremos manter a possibilidade de termos vagas em UTI caso seja necessário”, afirmou. Pelo menos 17 novos leitos de Unidades de Terapia Intensiva em Santa Maria foram liberados para atender possíveis novas vítimas.

O número total de feridos espalhados por hospitais de quatro cidades gaúchas chega a 121. Em Santa Maria, são 82 pacientes internados – 40 em estado grave. “São pacientes que estão em ventilação mecânica. Estes pacientes estão em estado critico”, afirmou Padilha.

Os outros 39 foram transferidos para Porto Alegre e para cidades da região metropolitana. O ministro disse que irá para a capital gaúcha ainda nesta segunda acompanhar o trabalho das equipes médicas e as condições de saúde das vítimas, muitas delas com queimaduras.

Bancos de pele
O governo federal também já entrou em contato com bancos de pele de países vizinhos. “Estamos contatando bancos de pele de outros países, que podem ser necessários. Já conversei com ministros da Argentina, Uruguai e Peru”, afirmou Padilha. Informações G1

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios *

*

cinco − quatro =