Home / Brasil / Justiça de São Paulo concede habeas corpus a motorista que jogou braço de ciclista no córrego
Alex Siwek foi liberado nesta quinta-feira

Justiça de São Paulo concede habeas corpus a motorista que jogou braço de ciclista no córrego

Responsável por atropelar e mutilar o ciclista David Santos Souza, 22 anos, no último dia 10 de março, o estudante de Psicologia, Alex Siwek, 22 anos, foi posto em liberdade nesta quinta-feira (21) após o desembargador Breno Guimarães, da 12ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de São Paulo conceder habeas corpus. O acidente responsável pela perda do braço direito da vítima ocorreu na avenida Paulista.

Em sua decisão, o desembargador destacou que Siwek não tem antecedente criminal, possui residência fixa e apresentou-se espontaneamente à polícia. O magistrado registrou que a soltura do estudante não representa “risco à ordem pública, à instrução criminal ou à aplicação da lei penal”.

Siwek retornava de uma festa e, segundo testemunhas, dirigia em alta velocidade, em zigue-zague, quando atropelou o ciclista David Souza, que estava a caminho do trabalho. O atropelador jogou o braço da vítima em um córrego e não pode ser implantado.

 

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios *

*

quatro + doze =