Home / Destaque / Obina e Fahel marcam e Bahia se despede de Pituaçu com triunfo
Obina marcou o primeiro gol do Bahia no jogo

Obina e Fahel marcam e Bahia se despede de Pituaçu com triunfo

Na provável despedida do estádio de Pituaçu, o Bahia venceu a Juazeirense nesta tarde de domingo (24), por 2 x 0, em partida válida pela segunda rodada da segunda fase do Campeonato Baiano. Com o resultado, o tricolor manteve a liderança do grupo 1 da competição, com quatro pontos, e no próximo final de semana a equipe da capital encara o Bahia de Feira, no Joia da Princesa.
Obina marca e tricolor vence no primeiro tempo
Jogando com três volantes e com uma postura tática muito eficiente, a Juazeirense não tomou conhecimento do Bahia e partiu para cima do tricolor desde o início do primeiro tempo. A equipe da casa, que estava se despedindo do Pituaçu, teve muitas dificuldades para sair com a bola da defesa para o ataque.

E logo aos 20 minutos, os visitantes assustaram. Quirino recebeu passe dentro da área, driblou Marcelo Lomba e perdeu o ângulo na hora do chute. Sem opção, tocou para o meio da confusão, mas Madson não conseguiu chegar a tempo de concluir.

Seis minutos depois, outra chance da Juazeirense. Após falha de Titi, a bola ficou nos pés de Deon, que chutou forte, para a linda defesa de Marcelo Lomba, que salvou o tricolor no lance complicado.

E depois de evoluir no confronto, os mandantes foram para cima e por pouco não abriram o placar. Aproveitando um cruzamento de Magal, que entrou no lugar de Jussandro neste duelo, Titi testou firme, na trave de Maikon.

Fahel faz o seu e tricolor garante triunfo

Mas, depois de melhorar no confronto, o tricolor abriu o marcador. Após lançamento de Paulo Rosales, o atacante Obina aproveitou a falha do goleiro Maikon para empurrar a bola no fundo das redes da equipe adversária. O zagueiro da Juazeirense ainda tentou tirar a redonda, sem sucesso.
Com mais vontade, diferente do primeiro tempo, o tricolor começou a etapa final a todo vapor. E logo aos três minutos, Obina foi lançado dentro da área e chutou com a perna esquerda, mas Maikon conseguiu defender.

Cinco minutos após esse lance, o tricolor ficou perto de ampliar novamente. Adriano recebeu passe de Marquinhos Gabriel dentro da grande área e bateu cruzado, para outra grande defesa de Maikon.

A resposta da Juazeirense chegou em seguida. Deon pegou a bola dentro da grande área, dividiu com a zaga tricolor e conseguiu tocar para o gol, mas a bola saiu tirando tinta da trave de Marcelo Lomba.

Mas, melhor em campo, o tricolor manteve a pressão. Aos 18, Neto chegou com velocidade na linha de fundo e cruzou rasteiro para Adriano, que conseguiu perder um gol inacreditável, sem goleiro.

Tentando segurar o tricolor baiano, a Juazeirense foi obrigado a explorar contra-ataques e por pouco não empatou aos 23. Muriel recebeu passe, limpou a zaga mandante e bateu colocado, raspando a trave de Lomba.

E antes de terminar, aos 42, o tricolor fechou o caixão do adversário.

Depois de cruzamento na área, Fahel, em seu melhor estilo, de cabeça, estufou as redes de Maikon, fazendo a festa nas arquibancadas. Informações Bahia Notícias

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios *

*

dois × 3 =