Home / Esportes / Brasil empata por 2 a 2 com Chile com vaias de torcedores no Mineirão
Ronaldinho foi o capitão do time

Brasil empata por 2 a 2 com Chile com vaias de torcedores no Mineirão

Em partida muito movimentada, a seleção brasileira empatou com o Chile no estádio do Mineirão, em Belo Horizonte, por 2 a 2, e saiu vaiado pela torcida. O jogo foi o último teste do técnico Luiz Felipe Scolari antes da convocação da equipe que vai disputar a Copa das Confederações em junho.

Com uma equipe formada apenas por jogadores que atuam no Brasil, a seleção conseguiu criar algumas jogadas que deixaram o técnico (e a torcida) animados. Por outro lado, time falhou muito na marcação. Com o Chile (que também não estava com a equipe principal) jogando no ataque, o resultado foi um embate com muitas chances de gol.

Logo no início do jogo, foram os visitantes que deram as cartas. Tanto que os chilenos abriram o placar logo aos sete minutos do primeiro tempo. Na jogada, o time “chuveirou” uma bola na área, Cortés cabeceia e a zaga do Brasil se atrapalha de forma bizonha. A bola sobra livre para González (zagueiro do Flamengo) cabecear e abrir o placar.

Com o balde de água fria, o Brasil foi dominado pelo adversário. Porém, uma bola parada recolocou a seleção em jogo. Neymar cobrou escanteio e Réver subiu mais alto que todo mundo. Empate da seleção aos 24 minutos da primeira etapa. No final do primeiro tempo, o Brasil voltou para o jogo. Mas ainda deixava buracos na defesa para o Chile (principalmente com Vargas) assustar a torcida.

Para o segundo tempo, o Brasil realizou duas alterações no intervalo. Uma delas foi a saída de Leandro Damião para a entrada de Alexandre Pato. O atacante foi decisivo no segundo gol. Na jogada, Jadson deu um lindo passe para Pato, que deixou Neymar livre para marcar. O craque, que tinha perdido um gol incrível no primeiro tempo, só empurrou para as redes aos 9 minutos da segunda etapa.

Depois do gol, a coisa parecia que iria deslanchar. A seleção partiu para cima e começou a armar boas jogadas. Mas o Brasil novamente deixou espaços na defesa. Aos 18 minutos, Vargas (que joga no Grêmio) acertou um lindo chute da intermediária. O jogo estava empatado.

Os últimos minutos seguiram a mesma tônica da partida inteira: muitos ataques de ambos os times. Apenas uma novidade nos últimos minutos: o público de 53.331 pessoas começou a vaiar e gritar “olé” para todos os passes dos visitantes. No jogo que não valia nada, o Brasil não ganhou e Felipão teve a última chance de testar jogadores para uma competição oficial. Informações Portal EBC / Foto: Cézar Loreiro / Agência Globo

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios *

*

5 × cinco =