Home / Esportes / Vitória bate Feirense de virada e consegue classificação às semifinais
Vitória joga no domingo contra o Bahia

Vitória bate Feirense de virada e consegue classificação às semifinais

Mesmo sem agradar a torcida, o Vitória venceu de virada o Feirense na noite desta quarta-feira (24), por 2 x 1, no estádio Pedro Amorim, em Senhor do Bonfim, em partida válida pela penúltima rodada da segunda fase do Campeonato Baiano. Com o resultado, o rubro-negro chegou aos 15 pontos e garantiu sua classificação à fase final da competição. Na próxima rodada, para tentar ficar em primeiro do seu grupo, o rubro-negro terá que vencer o Bahia, na Arena Fonte Nova, e torcer contra o Juazeirense.
Vitória sofre gol e empata no final do primeiro tempo

Com muita tensão, o confronto teve um início bastante movimentado, principalmente no meio de campo. O Vitória, precisando vencer para afastar a crise na Toca do Leão, tentou jogadas com o lateral-direito Nino Paraíba. Já o Feirense explorou rápidos contra-ataques, procurando surpreender a defesa rubro-negra.

O primeiro grande momento do jogo aconteceu somente aos 17, depois de muitas falhas individuais das duas equipes. Precisando de um triunfo para continuar sonhando com a classificação, Jaiminho partiu para cima da marcação rubro-negra e cruzou para o companheiro Sassá testar firme para fora.

A resposta do Leão da Toca chegou no minuto seguinte. Em rápida troca de passes entre Renato Cajá e Escudero, a bola ficou nos pés do argentino, que chutou colocado, no ângulo de Naldo, que só ficou observando.

O rubro-negro continuou pressionando o time feirense e aos 22 teve outra chance. Cajá, maestro da equipe, cruzou na área, na cabeça de Victor Ramos, que testou tirando tinta da trave de Naldo mais uma vez.

Mas, voltando a vacilar na defesa, o rubro-negro deu espaços ao Feirense, que abriu o marcador aos 24. Valdeir resolveu mostrar seu talento ao cortar a zaga rubro-negra e chutar no ângulo de Deola, marcando um golaço no Pedro Amorim.

Tentando o empate, o rubro-negro baiano foi para o ataque e teve uma oportunidade aos 37. Em um das suas especialidades, Renato Cajá cobrou falta, obrigando Naldo a salvar o Feirense no lance.

E depois de tanto insistir, o Leão conseguiu igualar o marcador. Após receber lindo passe de Renato Cajá, o baixinho Maxi Biancucchi empurrou, de cabeça, para o fundo das redes.

Vitória vira com gol de Escudero e garante classificação

O Feirense retornou para o segundo tempo a todo vapor e logo aos dois minutos assustou o goleiro Deola. Jaiminho, assim como todo o primeiro tempo, arriscou lindo chute de fora da área, obrigando o jogador rubro-negro a defender em dois tempos.

O time visitante deu o troco aos 11, em ótima troca de passes entre Dinei e Maxi. Depois de um cruzamento na área, o centroavante rubro-negro serviu o autor do gol da equipe na etapa inicial, mas o argentino errou o alvo.

Tentando surpreender o Leão, os mandantes tiveram uma ótima chance de ficar à frente do placar novamente aos 12. Valdeir resolveu testar Deola e soltou a bomba da entrada da área, para a boa defesa do arqueiro rubro-negro.

E para comprovar o nervosismo do jogo, em um lance incrível, o lateral-esquerdo Mansur invadiu a área e driblou Naldo, mas, na hora do chute, tocou para fora. No detalhe do lance, Marquinhos estava sozinho de cara com o gol aberto.

Buscando o ataque, mesmo com muitos erros de passes, o rubro-negro foi para cima e Marquinhos teve a oportunidade de virar aos 27. Depois de confusão na área, o garoto acertou o chute no canto de Naldo, tirando tinta da trave do arqueiro feirense.

Mas depois de tanto pressionar, o rubro-negro chegou à virada. Aos 33, Escudero aproveitou o rebote de Naldo para estufar as redes do Feirense, fazendo a festa nas arquibancadas com a torcida do Leão. Informações Bahia Notícias

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios *

*

três × dois =