Home / Destaque / Leia os bastidores da política na coluna Espinha Mole da semana
Espinha Mole

Leia os bastidores da política na coluna Espinha Mole da semana

A coluna Espinha Mole estreia no Bahia Recôncavo com a intenção de trazer as informações dos bastidores da política da região e do Estado para o leitor do site. A partir de agora, toda sexta-feira é dia de ficar informado sobre o que aconteceu durante a semana será informado no espaço assinado pelo jornalista Maurício Medeiros. Na edição inicial tem muita notícia sobre a política de Cruz das Almas e a respeito da eleição de 2014. 

Defesa irrestrita

As sessões da Câmara de Vereadores de Cruz das Almas têm sido palco de algo revelador: a bancada de situação está orientada a defender o secretário municipal de Saúde, André Eloy (PMDB), com unhas e dentes. As acusações contra outros gestores das pastas não têm a mesma atenção. Os maiores “escudeiros” do presidente municipal do PMDB são o líder da bancada de situação, Valdo Caldas (PRTB), o primeiro secretário da mesa diretora, Raimundo de Gino (PR), e Nego da Farmácia (DEM). Não há uma só oportunidade na tribuna em que o trabalho do peemedebista não seja elogiado.

Poucas palavras

Um dos mais experientes vereadores de Cruz das Almas, Antônio Paulino (PMDB), chegou, mesmo como suplente, à sua sexta legislatura. O líder do governo na Câmara não é muito afeito aos embates com a oposição. Tem preferido ouvir mais. Sua intervenções quase sempre são para chamar a atenção deo descumprimento do regimento interno da Casa. Nego da Farmácia (DEM) é um dos mais repreendidos.

Plenos pulmões 

Max Passos (PP) não faz questão de esconder para ninguém. No final da sessão ordinária da Câmara ele deixa sempre claro que é candidato a prefeito de Cruz das Almas em 2016. Nos bastidores alguns correligionários do pepista informam à nossa coluna que ele apoiará o ex-prefeito de Cachoeira, Tato Pereira (sem partido).

Fogo amigo

Alguns funcionários comissionados da Prefeitura de Cruz das Almas adoraram a reprovação em segunda votação do Projeto de Lei sobre a regulamentação de concessões de alvará de táxis apresentado pelo vereador de situação Elias de Gogó (PSDB) na sessão ordinária da Câmara na última segunda-feira (6). O tucano ficou marcado por alguns aliados do governo pelas críticas que tem feito abertamente nas rádios locais à condução do líder da bancada, Valdo Caldas (PRTB).

Na boa

 Alguns petistas de Cruz das Almas não escondem da imprensa a intenção de não apoiar a candidatura de Orlandinho (PT) à Assembleia Legislativa em 2014. O ex-prefeito de Cruz das Almas terá tarefa árdua para juntar o grupo. Uma fonte confidenciou à nossa coluna que o petista já começou a costura e garante que a candidatura sairá forte, inclusive com apoio de figurões do governo do estado.

 Procura do novo presidente

O PT de Cruz das Almas realiza no dia 26 de maio, na sede do Sindicato dos Trabalhadores Rurais (STR), um encontro para começar a debater a escolha do novo presidente municipal da legenda. O ex-secretário de Relações Institucionais e atual comandante da sigla, José Dias de Macedo, não pode mais ser candidato. O grupo ligado à Igreja Católica liderado por Pablo Rezende e do ex-candidato a vereador Pedro Melo ganhou força no partido.

Negociação

Os servidores municipais de Cruz das Almas rejeitaram, em assembleia realizada na quarta-feira (8), na Biblioteca Municipal Carmelito Barbosa Alves, a proposta de 5% de reajuste apresentada pela Prefeitura. O presidente do Sindsenc, Nádson Lopes, informou à nossa coluna que marcará um novo encontro com representantes do governo para negociar uma contraproposta. Caso o índice oferecido pelo Executivo não aumente, já foi aprovado o indicativo de paralisação.

Vitaminado

Dirigido em Cruz das Almas por Abel de Gustavo, responsável pelo setor de Convênios da Prefeitura de Cruz das Almas no governo do ex-prefeito Orlandinho (PT), o PSD deve sair vitaminado no município após o anúncio da fusão entre PPS e PMN. O vereador Valtércio Filho (PMN) já declarou que irá para o partido comandado na Bahia pelo vice-governador Otto Alencar (PSD). Outro que desembarcará na legenda é Renan do Táxi, atual presidente do PMN na Cidade Universitária. Antigos tucanos como “Filhote” e Márcio Fonseca, todos ligados ao ex-vice-prefeito Valtércio (PT), também devem assinar a ficha de filiação.

ACM Neto paciente

O deputado estadual Pedro Tavares (PMDB) informou à nossa coluna que o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), dificilmente será o candidato das oposições ao governo do estado. “Ele não aceita falar sobre isso nem reservadamente”, disse o peemedebista. O parlamentar acredita na candidatura de Geddel, mas ainda não sabe se as oposições estarão unidas no primeiro turno. O democrata espera pacientemente por 2018.

Disputa por tudo 

O secretário estadual de Comunicação, Robinsom Almeida (PT), foi designado pelo governador Jaques Wagner (PT) para negociar o patrocínio da Caixa Econômica Federal (CEF) para Bahia e Vitória. A intenção petista é clara: marcar posição em terreno dominado por Geddel Vieira Lima (PMDB), vice-presidente de pessoa jurídica da instituição bancária.

 

Maurício Medeiros

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios *

*

seis − 1 =