Home / Destaque / Vitória goleia Juazeirense e fica próximo da final do Campeonato Baiano

Vitória goleia Juazeirense e fica próximo da final do Campeonato Baiano

Com muita eficiência e sem dar muitos espaços à Juazeirense, o Vitória goleou a equipe do interior nesta noite de quinta-feira (2), por 4 x 0, no estádio Manoel Barradas, em confronto válido pelo primeiro encontro entre as duas equipes nas semifinais do Campeonato Baiano. Com este resultado, o rubro-negro se aproximou muito da final da competição e pode perder até por três gols de diferença no duelo de volta, domingo (5), no estádio Adauto Morais.
Vitória começa com tudo e amplia no final do primeiro tempo

Sem deixar a Juazeirense respirar, o Vitória tratou de mostrar sua força no Barradão e abriu o marcador logo no primeiro minuto de confronto. Depois da cobrança de falta de Renato Cajá, a bola sobrou para o zagueiro Gabriel Paulista, que deu uma de garçom e tocou para Dinei no meio da área. O centroavante bateu firme e estufou as redes de Maicon.

Assustado, o time do interior do estado, ainda entrando no ritmo forte do rubro-negro, procurou das a resposta aos três minutos. Após uma ótima jogada pela direita, Muriel arriscou o chute, obrigando Deola a realizar sua primeira intervenção no confronto.

Precisando do empate para ficar com a vantagem novamente nesta etapa do campeonato, a Juazeirense tentou pressionar o rubro-negro e por pouco não chegou ao seu objetivo aos 11. Deon recebeu lançamento na direita e arriscou a bomba, mas a bola passou ao lado de Deola.

Apoiado por sua torcida, o Vitória voltou a dominar às ações e ficou próximo do segundo gol aos 25. Com um cruzamento na medida na área, Renato Cajá deixou o baixinho Maxi sozinho na área, mas o argentino testou em cima de Maikon.

Buscando rápidos contra-ataques, o Cancão de Fogo ficou perto do seu primeiro gol aos 38. Após um cruzamento perfeito de Naldo, a bola ficou nos pés de Deon, que falhou na hora da finalização.

E mesmo pressionado, o Vitória chegou ao segundo ainda na etapa inicial. Com muitae categoria, Dinei deixou Maxi livre, tirando toda a defesa da jogada. O argentino invadiu a área e tocou na saída de Maikon, fazendo a festa rubro-negra nas arquibancadas.

Leão marca mais um e se aproxima da final
Em desvantagem no placar, a Juazeirense partiu com tudo para cima do rubro-negro baiano desde os primeiros minutos do segundo tempo e logo aos três teve a chance de diminuir o prejuízo da etapa inicial. Sidraílson recebeu passe da direita e testou firme, mas no meio do gol, sem dar trabalho a Deola.

Um minuto após esse lance, o Leão da Toca deu o troco e por pouco não ampliou. Maxi pegou o rebote na entrada da grande área e chutou forte e rasteiro, exigindo uma ótima intervenção de Maikon.

Correndo contra o tempo, os visitantes tentaram de todas as formas chegar ao empate e aos 16 teve uma oportunidade clara para isto. Após receber passe dentro da área, Capone tenta o chute, mas Deola conseguiu evitar o pior.

Com a entrada de Vander e Marquinhos, o rubro-negro baiano ganhou em velocidade no setor ofensivo. O primeiro, por sinal, apareceu bem aos 29 com um bom chute de fora da área, assustando o goleiro Maikon.

Dono das ações, principalmente nos últimos quinze minutos de jogo, o rubro-negro marcou o terceiro aos 36. Após boa jogada na entrada da área, Vander bateu colocado, estufando as redes de Maikon.

E antes de terminar o confronto, o Leão sacramentou a goleada com um gol aos 42. Vander acertou um belo cruzamento para Marquinhos testar firme para fechar o caixão Juazeirense.

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios *

*

doze + 17 =