Home / Entretenimento / Cruz das Almas: Rua da Estação e Praça João XXIII resistem e queima de espadas continua

Cruz das Almas: Rua da Estação e Praça João XXIII resistem e queima de espadas continua

Apesar de proibida pela Justiça desde 2011, a espada não foi extinta em Cruz das Almas. Nesta segunda-feira (24), dia de São João Batista, tradicional data da queima do artefato, dois locais se tornaram emblemáticos na luta dos espadeiros para manter a tradição: a Praça João XXIII e a “Rua da Estação”, onde neste domingo (23), em confronto com a Polícia Militar, cinco pessoas foram alvejadas por tiros disparados pelos policiais.

Nesta segunda-feira à tarde a reportagem da Rádio Santa Cruz FM flagrou a queima de espadas ocorrerem normalmente nestes dois locais. Na “Rua da Estação” um espadeiro conhecido como “Missinho” chegou a ser preso por uma guarnição da Polícia Militar, mas uma multidão que estava no local forçou os policiais a saltarem o homem detido. Foto: André Fiúza (arquivo)

Um cometário

  1. Nunca vi uma lei funcionar tão bem como a lei seca contra as espadas ah! ah! ah! ah!. Andei toda a cidade 23 e 24/2013 (hoje) e não vi nada nas ruas que cheirasse a pólvora! ah! ah! ah! ah! Cruz das Almas é um grande circo e eu sou um grande palhaço por acreditar em…. Sugiro as autoridades que em 2014 convoquem os soltadores de cobrinha para fazer a festa de forma itinerante (um turno na porta de cada um deles) ah! ah! ah! ah!

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios *

*

treze + 3 =