Home / Esportes / Nigéria goleia Taiti em Belo Horizonte

Nigéria goleia Taiti em Belo Horizonte

O duelo era desigual. De um lado, a Nigéria e sua tradicional força física. Do outro, o Taiti e seu futebol amador. Como não poderia deixar de ser, uma grande goleada. Mesmo abusando das gracinhas e tomando um inesperado gol, a seleção nigeriana estreou com o pé direito na Copa das Confederações: 6 a 1 sobre os taitianos.

Jonathan Tehau foi o responsável pelo histórico gol do Taiti, mas também acabou marcando um gol contra. Oduamadi, três vezes, e Echiejile, mais duas vezes definiram o placar da goleada.

Com a vitória, a Nigéria assume a liderança do grupo B por conta do saldo de gols. A Espanha também venceu seu jogo de estreia, diante do Uruguai, mas apenas por 2 a 1.

A bola volta a rolar na próxima quinta-feira para o grupo B. O Taiti vai até o Rio de Janeiro, onde enfrentará a poderosa seleção da Espanha às 16 horas. Já a Nigéria viaja até Salvador, onde vai enfrentar o Uruguai às 19 horas.

O jogo – O primeiro gol nigeriano saiu muito rápido. Quando o povo mineiro começava a esquentar a torcida pelo Taiti, com direito até a gritos de ‘olé’, uma jogada completamente estranha abriu o placar logo aos quatro minutos. Echiejile chutou de longe, a bola desviou em dois jogadores e matou completamente o goleiro Xavier Samin no lance.

Cinco minutos depois, o segundo gol. A defesa taitiana saiu jogando completamente errado e deu a bola nos pés de Oduamadi. O nigeriano ainda passou como quis por dois zagueiros antes de deslocar o goleiro.

Aos 15, Musa ficou sozinho na área, mas fez mais graça que o necessário, tentou driblar o goleiro e perdeu gol feito. Mesmo na base da brincadeira, a Nigéria fez o terceiro. Contando com grande ajuda do goleiro taitiano. Samin foi agarrar um cruzamento rasteiro, mas deixou a bola escapar nos pés de Oduamadi, que apenas completou para o gol vazio.

Quatro minutos depois, a Nigéria perdeu mais um gol feito. E de novo por falta de seriedade. Ujah chegou sozinho na cara do goleiro, mas tentou o drible e acabou desarmado. Aos 38, foi a vez de Mba perder um gol feito, escorregando em frente a Samin.

O Taiti aproveitou a distração adversária e chegou duas vezes com perigo. Uma aos 33, quando o nigeriano Omeruo desviou cruzamento que encontraria Alvin Tehau sozinho dentro da área. A segunda veio aos 42. Após cruzamento de Aitamai, Chong Huechegou livre, mas não conseguiu a cabeçada.

O segundo tempo começou no mesmo ritmo, com a Nigéria preguiçosa. O castigo veio aos nove minutos. Cobrança de escanteio pela esquerda, e Jonathan Tehau subiu mais que todo mundo na segunda trave para mandar para as redes. O primeiro gol da história do Taiti em um torneio internacional. Para delírio da torcida mineira.

Assustada, a Nigéria apertou um pouco o ritmo e definiu o placar. Aos 22, o mesmo Jonathan Tehau acabou marcando contra. Após nova jogada de Oduamadi, a zaga taitiana tentou cortar, mas errou feio e acabou balançando as próprias redes.

Aos 31 minutos, a Nigéria chegou ao quinto gol. Ideye foi lançado sozinho pela ponta direita, chegou até a linha de fundo e cruzou. No meio da área, Oduamadi apenas completou. Foi o terceiro deles na partida. O golpe final veio aos 34 minutos. Após pressão na saída de jogo, a bola sobrou para Echiejile encher o pé e marcar o sexto e último gol nigeriano. Informações ESPN

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios *

*

catorze + dezesseis =