Home / Brasil / Revista Época denuncia esquema de propina na Petrobras para favorecer PMDB e PT

Revista Época denuncia esquema de propina na Petrobras para favorecer PMDB e PT

A revista Época que chega as bancas do Brasil neste sábado (10) traz denúncia sobre esquema de caixa dois na Petrobras para favorecer a candidatura de deputados federais do PMDB e que teria alimentado inclusive a campanha de Dilma Rousseff (PT) e Michel Temer (PMDB) em 2010. Um dos maiores atingidos na reportagem é o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Henrique Alves (PMDB-RN), e Marcelo Odebrecht, apontado como abastecedor depois de fechar um negócio bilionário na época em que o presidente da estatal era o secretário de Planejamento da Bahia, José Sérgio Gabrielli (PT).

A acusação chegou ao jornalista Diego Escosteguy, autor de outras reportagens que nunca se confirmaram, por meio do lobista João Augusto Henriques. “Do que eu ganhasse (nos contratos intermediados com a Petrobras), eu tinha de dar para o partido (PMDB). Era o combinado, um percentual que depende do negócio”, diz ele. Ainda conforme o acusador, o dinheiro chegava para 10 deputados do PMDB de Minas Gerais, inclusive para o atual ministro da Agricultura, Antônio Andrade, e para o presidente de Finanças do PT, João Vaccari. Todos os envolvidos citados pela reportagem negaram o recebimento dos valores.

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios *

*

13 + um =