Home / Brasil / Eduardo Campos reage a ultimato dado por Roberto Freire

Eduardo Campos reage a ultimato dado por Roberto Freire

O governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), respondeu de forma ríspida aos repórteres nesta terça-feira (10) quando questionado a respeito das cobranças feitas por outras legendas para que ele assuma sua candidatura à Presidência da República em 2014. “Ninguém precisa esperar pelo PSB”, disse. A declaração veio depois da fala do presidente nacional do PPS, Roberto Freire, que disse esperar até dia 20 de setembro pela definição do socialista na disputa ao Palácio do Planalto ou levará o apoio de sua sigla para os tucanos. “Não sei com o que estas pessoas estão preocupadas. Eu não estou. Estou tranquilo. Que estas pessoas tomem uma posição que entendem que devem tomar. Eles conduzam a política dos seus partidos no ritmo que devem tomar. Eles têm total liberdade para isso, como o PSB tem uma dinâmica própria, um tempo próprio, e vai decidir as coisas em um tempo que é próprio. Isso não quer dizer que ninguém precise esperar o partido”, falou.

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios *

*

19 − 14 =