Home / Destaque / PT de Cruz das Almas recorre para não ter diretório dissolvido

PT de Cruz das Almas recorre para não ter diretório dissolvido

O diretório do PT de Cruz das Almas corre contra o tempo para conseguir participar do Processo de Eleições Diretas (PED) de 2013 do partido, marcado para o próximo dia 11 de novembro em todo o Brasil. Os petistas escolherão as chapas que comandarão a legenda nos municípios, estados e no Brasil.

Porém, em Cruz das Almas a eleição pode não ocorrer. A informação foi confirmada à reportagem do Bahia Recôncavo por uma fonte da legenda no diretório estadual e ratificada por quatro petistas do município.

Em conversa com a reportagem do Bahia Recôncavo, por telefone, na manhã desta sexta-feira (27), o atual presidente do PT de Cruz das Almas, José Dias de Macedo, confirmou a possibilidade de o partido no município não ter mais o diretório, mas sim uma Comissão Provisória. “Estamos recorrendo à Secretaria de Organização do Nordeste”, revelou o ex-secretário de Relações Institucionais do governo do ex-prefeito Orlandinho (PT).

O Bahia Recôncavo apurou com uma fonte petista de Cruz das Almas que o partido não conseguiu cumprir a meta de integrantes aptos a votar. “São aproximadamente 300 filiados. Precisávamos ter no mínimo 40% regularizados, mas não foi possível”, contou, pedindo anonimato.

José Dias declarou ao Bahia Recôncavo não saber quando a Secretaria de Organização do Nordeste do PT enviará a resposta. “Eu não tenho essa data. Mas esse é um problema que existe atualmente em todo o Brasil. Não é apenas nosso”, minimizou.

“O problema é que não temos um mecanismo adequado de cobrança da mensalidade dos filiados”, acrescentou José Dias. Ainda conforme o presidente, o ex-vereador Manoel Borges da França Filho, conhecido como “Manu”, morador da Pumba, foi o nome escolhido em consenso para ser o candidato a presidente da legenda pelos próximos quatro anos, caso o PT de Cruz das Almas consiga a liberação para realizar seu processo eleitoral.

Ainda conforme José Dias, mesmo que a decisão da Secretaria de Organização do Nordeste não permita a eleição, o partido “vai seguir sua luta”. O presidente não acredita em prejuízos políticos. “Caso seja criada a comissão, em discussão com o diretório estadual, teremos presidente, secretário e tesoureiro e vamos fazer o debate”, falou.

O Bahia Recôncavo apurou também que no Recôncavo os diretórios de Muritiba e Cabaceiras do Paraguaçu sofrem o mesmo problema, mas a informação não foi confirmada por nenhum membro dessas duas cidades. Reportagem: Maurício Medeiros

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios *

*

sete + nove =