Home / Notícias / Assessor de Feliciano apura morte de pastor acusado de integrar quadrilha de roubo de carros

Assessor de Feliciano apura morte de pastor acusado de integrar quadrilha de roubo de carros

Talma Bauer, ex-delegado de polícia e atualmente assessor de Marco Feliciano (PSC-SP), presidente da Comissão dos Direitos Humenos e das Minorias da Câmara, chegou a Feira de Santana nesta segunda-feira (21) para acompanhar as investigações sobre a morte do pastor Gilmário Sales (foto), ocorrida na última semana. Ele estava dentro de um carro com outros três integrantes e é acusado pela polícia de Feira de Santana de integrar uma quadrilha de roubo e desmanche de veículos.

No site do parlamentar há uma nota para justificar a presença de Bauer: “muitas discrepâncias no caso e um forte indício de execução por parte da polícia local”. Ele se reuniu nesta segunda-feira com o delegado Ricardo Brito, responsável pela 1ª Coordenadoria de Polícia do Interior (Corpin). “Viemos colaborar com as autoridades na apuração do caso. Muita coisa estranha, no sentido do envolvimento de quem estava nos carros. Eu já sabia que ele estava no carro e nada me surpreendeu. A polícia está apurando com rigor e isenção, e viemos saber o que consta nos autos, a declaração da mãe e de parentes das outras vítimas”, explicou o assessor.

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios *

*

12 − 1 =