Home / Brasil / MEC cria intercâmbio internacional para estudantes negros, indígenas e portadores de deficiência

MEC cria intercâmbio internacional para estudantes negros, indígenas e portadores de deficiência

O Ministério da Educação (MEC) lançou no último domingo (17), em São Paulo, um programa de intercâmbio internacional estudantil para negros, indígenas e pessoas com deficiência. O Programa de Desenvolvimento Acadêmico Abdias Nascimento tem como objetivo estimular também o ingresso em mestrado e doutorado no Brasil de pessoas com esse perfil.  Além disso, a proposta pretende aumentar o número de professores negros, indígenas e deficientes dentro as universidades brasileiras, que segundo pesquisa realizada pelo Dr. José Jorge de Carvalho (UnB), não passa de 1%, em todo o país.

O programa homenageia um dos pioneiros do movimento negro no Brasil. Abdias Nascimento foi ator, diretor, dramaturgo, jornalista, deputado e senador. Morreu em 2011, aos 97 anos.  Abdias também colaborou na criação do Movimento Negro Unificado. Desse movimento surgiu a Secretaria Especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (SEPPIR), no governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios *

*

três × 5 =