Home / Notícias / ACM Neto acredita em união das oposições baianas ainda no primeiro turno de 2014

ACM Neto acredita em união das oposições baianas ainda no primeiro turno de 2014

O prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), concedeu entrevista na manhã desta segunda-feira (16) à Rádio Metrópole FM, e confirmou sua intenção de ter apenas um candidato oposicionista na disputa ao Palácio de Ondina em 2014. “Eu tenho certeza que a gente vai marchar com sete ou oito partidos unidos já no primeiro turno”, declarou o democrata. “Quem apostar num racha entre Democratas e PMDB vai perder a aposta”, emendou. Apesar de dizer que não trabalha com “vetos e imposições”, o gestor lembrou que seu partido tem as duas maiores prefeituras da Bahia (Salvador e Feira de Santana), a maior bancada da oposição na Assembleia Legislativa, três deputados federais e o segundo maior número de vereadores da capital baiana.

Sobre o adiamento da decisão do nome oposicionista que disputará o Palácio de Ondina, Neto acredita que há possibilidade de aparecer mais nomes dentro do grupo. “É claro que os dois se destacam mais [Paulo Souto e Geddel]. Não quer dizer que sejam eles. Esses dois estão na frente. O que eu sugiro é que é aproveitar janeiro e fevereiro para intensificar as nossas conversas”, acrescentou o prefeito lembrando a importância de compor a chapa com três indicados fortes. “Não adianta você ter um nome só que vá ali capenga”, ensinou o democrata. “Quando não estiver na Prefeitura, eu vou estar pedindo votos. Não vou ficar em cima do muro. Não vou fazer joguinho”, prometeu.

 

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios *

*

dezenove − 10 =