Home / Esportes / Coletivo termina em briga no Barradão

Coletivo termina em briga no Barradão

Uma briga entre o meio-campo Arthur Maia e o goleiro Gustavo, ambos reservas, durante o treino desta segunda-feira (27), no Barradão, movimentou a reapresentação rubro-negra após o empate por 2 a 2 com o Sergipe pela Copa do Nordeste. Os jogadores que participaram de mais de 45 minutos do confronto com os sergipanos ficaram na academia. O coletivo era apenas para quem não atuou no domingo (26). O diretor de futebol Raimundo Queiroz colocou panos quentes no desentendimento. “Eu não estava lá, eu não sei o que aconteceu de fato, mas foi coisa de jogadores. O que me passaram foi que foi uma discussão boba, ‘porque você não faz assim, e tal’, mas já está tudo tranquilo, não foi nada de mais”, explicou.

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios *

*

dois × um =