Home / Destaque / Ambulância com motorista flagrado pagando travesti está a serviço da Santa Casa de Cachoeira

Ambulância com motorista flagrado pagando travesti está a serviço da Santa Casa de Cachoeira

Uma ambulância da Secretaria Estadual de Saúde (SESAB), placa NYO-9258, cedida à Santa Casa de Misericórdia de Cachoeira, foi flagrada, na madrugada da última segunda-feira (10), na avenida Manoel Dias da Silva, em Salvador, quando deixava no local um travesti que fazia ponto na capital baiana. Nesta terça-feira (11), a Secretaria de Saúde de Cachoeira divulgou nota informando que, a mando do prefeito Carlos Pereira (PP), uma sindicância foi aberta para apurar o caso.

A denúncia foi feita por um leitor do jornal Correio da Bahia. Segundo a nota da Secretaria de Saúde de Cachoeira, assinada pelo prefeito Carlos Pereira e a secretária Mariana Rabelo Gomes, a ambulância foi deslocada a Salvador para transportar uma paciente gestante na noite de domingo. O comunicado informa que a Prefeitura afastou o funcionário, mas não revelou o nome do motorista. Foto: Correio

Leia a íntegra da nota:

Prefeitura de Cachoeira, através da Secretaria Municipal de Saúde, vem a público, com relação ao vídeo divulgado em diversos sites de notícias, em que uma ambulância com identificação da Secretaria de Saúde do Estado da Bahia aparece desembarcando pessoa aparentemente estranha ao serviço a que se destina na Rua Ceará, no bairro da Pituba, em Salvador/BA, na madrugada de 10/03/2014, tem a esclarecer o seguinte:

1. Embora o cinegrafista leia a placa do equipamento como sendo NYD 9258, a SESAB informou, em nota, que a placa mais próxima das ambulâncias do Estado seria NYO 9258, que estaria cedida ao Município de Cachoeira;

2. O referido equipamento, de fato, foi cedido ao Município de Cachoeira e serve à Santa Casa de Misericórdia de Cachoeira;

3. Ao tomar conhecimento do fato, o Prefeito determinou a imediata instauração de sindicância, tendo, em apuração prévia, verificado que a referida ambulância deslocou-se para Salvador, no dia 09/03/2014, por volta de 22h horas, a fim de transportar paciente gestante para Hospital;

4. A Santa Casa ainda não conseguiu determinar o horário de retorno nem o responsável pela condução do veículo, cujas informações estão sendo aguardadas para esta data;

5. Verificando tratar-se o condutor de servidor municipal, a Prefeitura instaurará processo administrativo disciplinar com vistas à aplicação da penalidade cabível;

6. A Prefeitura de Cachoeira esclarece que o fato mostrado no vídeo é isolado, uma vez que o Município zela pelo patrimônio público e sua utilização para as finalidades a que se destina especialmente no que concerne à saúde e educação, sendo que condutas incompatíveis com o serviço público, a exemplo da denunciada através da gravação em comento, serão punidas rigorosamente.

Cachoeira, 11 de março de 2014.

Carlos Menezes Pereira
Prefeito

Mariana Rabelo
Secretária Municipal de Saúde

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios *

*

três × 5 =