Home / Brasil / MEC determina que 110 bolsistas brasileiros voltem do Canadá e Austrália sem estágio

MEC determina que 110 bolsistas brasileiros voltem do Canadá e Austrália sem estágio

Atendendo a determinação do governo federal, o Ministério da Educação (MEC) convocou 110 estudantes do Programa Ciências Sem Fronteiras para retornarem ao Brasil, depois de seis meses. A convocação ocorreu por eles não terem conseguido proficiência em inglês. Os bolsistas que estão no Canadá e na Austrália desde setembro de 2013 inicialmente não se candidataram para estudar nestes países. Eles escolheram Portugal e foram aprovados conforme edital. Porém, o governo federal excluiu Portugal do programa, alegando já haver grande número de estudantes naquele local, e que, lá, eles não dominariam uma segunda língua. Desta forma 3.445 estudantes optaram por outro país e viajaram mesmo sem ter proficiência no idioma.

Estudantes afirmaram que a prova de certificação foi antecipada e que a permanência no país será perdida sem a realização do estágio. Cada aluno já recebeu cerca de US$ 12 mil, além dos valores com passagens aéreas e seguro saúde, para o intercâmbio, investimento que não retornará ao País. As bolsas são administradas pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) ligado ao MEC.

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios *

*

vinte + quatro =