Home / Brasil / Parte do PP estuda barrar na Justiça apoio do partido a Dilma

Parte do PP estuda barrar na Justiça apoio do partido a Dilma

Pepistas das regiões Sul e Sudeste estudam entrar na Justiça Eleitoral para barrar o apoio do partido à reeleição da presidenta Dilma Rousseff (PT), anunciado no último dia 14 pelo presidente da legenda, senador Ciro Nogueira (PP). Esse grupo prefere compor o palanque de Aécio Neves (PSDB) e quer a escolha da aliança por meio de voto na convenção nacional da sigla, marcada para junho. Os líderes do motim são a senadora Ana Amélia (PP), que pretende concorrer ao governo do Rio Grande do Sul contra o atual governador Tarso Genro (PT), e o senador Francisco Dornelles, tio do tucano mineiro, pré-candidato à Presidência da República.

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios *

*

18 − sete =