Home / Brasil / Polícia Federal investiga suposta fraude nas assinaturas para criação do Solidariedade

Polícia Federal investiga suposta fraude nas assinaturas para criação do Solidariedade

O colunista Felipe Patury, da revista Época, informou neste domingo (8) que a Polícia Federal (PF) investiga 2.500 assinaturas de filiação ao partido Solidariedade, comandado por Paulinho da Força (SDD). Conforme a PF, assessores e funcionários do presidente da sigla teriam preenchido as fichas da Justiça Eleitoral e conseguido o aval do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para formalizar a legenda. Ainda segundo a apuração, um estelionatário de Brasília foi contratado para copiar as rubricas de filiados de sindicatos, o que permitiria a fundação da agremiação. O caso será analisado pelo TSE. Foto reprodução

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios *

*

três × três =