Home / Brasil / Eleição interna divide o PSB a 10 dias do primeiro turno

Eleição interna divide o PSB a 10 dias do primeiro turno

Marcada para ocorrer na segunda-feira (29), a eleição para presidente nacional do PSB criou um racha interno no partido, aponta a coluna Painel da Folha de São Paulo desta quinta-feira (25). O atual comandante, Roberto Amaral (paletó cinza), ex-ministro do governo Lula (PT), é candidato à reeleição,mas enfrenta um motim aberto pelo gaúcho Beto Albuquerque (PSB) (paletó preto), vice na chapa de Marina Silva (PSB).

Albuquerque articula para que a presidência do partido seja de um pernambucano, já que os socialistas do Estado, governador por mais de sete anos pelo falecido Eduardo Campos (PSB), ajudaram na indicação do gaúcho para ser vice de Marina.

O prefeito do Recife, Geraldo Júlio (PSB), é o mais cotado por Albuquerque para entrar na disputa. O vice na chapa de Marina pleiteia o adiamento da eleição, mas Amaral descarta essa possibilidade. “O calendário foi definido por Eduardo [Campos]. A maioria dos 117 delegados já confirmaram presença”, disparou. Foto: Ailton de Freitas (Agência Globo)

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios *

*

quinze + quatro =