Home / Destaque / Federação Internacional de Natação deve proibir atletas mirins de competirem com adultos

Federação Internacional de Natação deve proibir atletas mirins de competirem com adultos

A Federação Internacional de Natação (Fina) estuda a possibilidade de estabelecer uma idade mínima para os competidores que pretendem disputar campeonatos mundiais. “Nós temos regras rigorosas para os atletas da categoria júnior, e em todas as outras disciplinas dos Mundiais (aquáticos), mas, na natação, não temos limites”, disse o diretor executivo da Fina, Cornel Marculescu, em entrevista à agência Reuters.

Os jogos de Kazan, na Rússia, contaram com nove nadadores  considerados mirins, com no máximo 13 anos. A atleta do Bahrein, Alzain Tareq, foi a mais jovem entre os competidores. Com apenas 10 anos, ela disputou os 50m borboleta e os 50m livre. Na segunda prova, ela terminou na frente de oito concorrentes mais velhas.

Marculescu disse que o mundial de Kazan apontou que algo precisa ser feito em relação a situação dos atletas mirins que competem entre os adultos. “Agora que a história veio à tona, provavelmente, vamos olhar isto com cuidado na nossa próxima reunião da Fina em novembro, em Dubai”, completou.

Por: Correio

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios *

*

dezesseis − 2 =