Home / Entretenimento / Caso A Tarde: Funcionários divulgam texto contra grupo comprador do jornal

Caso A Tarde: Funcionários divulgam texto contra grupo comprador do jornal

Cresce o caldo da discussão do caso do grupo A Tarde e o imbróglio sobre os antigos e novos donos que estão em tramitação na justiça. Do outro lado e com preocupações diante da situação estão os funcionários do grupo A Tarde. Na tarde desta terça-feira (8), os empregados do periódico publicaram um texto abaixo assinado contra gestores da Piatra SP Participações e Invest Consultoria Eirelli – Me / DX3 Investimentos Empresarial Ltda argumentando as dificuldades enfrentadas no período em que eles estiveram à frente da empresa. Eles repudiam todas as movimentações e decisões tomadas pelo então grupo comprador.

No texto afirmam que a gestão dos novos sócios era confusa. “Causou considerável desestabilização na rotina dos trabalhadores, resultou em atraso de 27 dias para pagamento total dos salários; suspensão da cobertura de plano de saúde dos funcionários (Promedica); atraso dos tickets alimentação e refeição; além do descumprimento de prazos previamente acordados com a gestão anterior – e assumidos pelos novos gestores – para regularização de pendências como o pagamento da 2ª parcela do 13º salário de 2015, regularização de férias, além do pagamento de indenizações a cerca de 160 colegas demitidos, previstas em um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) junto ao Ministério Público do Trabalho”, explica a nota.

Os escritos ainda repudiam os então novos compradores. “Diante do exposto, os trabalhadores repudiam a gestão da Piatra SP Participações e Invest Consultoria Eirelli – Me / DX3 Investimentos Empresarial Ltda, que transformou as grandes dificuldades já enfrentadas em completo caos”.

“Os funcionários também exigem que, com a retomada da gestão anterior desde o dia 04/03/2016, os ajustes necessários sejam imediatamente efetuados, para que todos os profissionais que tanto têm contribuído para manter a empresa de pé – juntamente com os colegas demitidos – tenham seus direitos plenamente respeitados”, encerra o texto.

 

Fonte: b. news

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios *

*

doze − 2 =