Home / Notícias / Dermatologista preso por estupro no norte de Minas escolhia pacientes virgens

Dermatologista preso por estupro no norte de Minas escolhia pacientes virgens

A Polícia Civil apresentou na quarta-feira (6) o dermatologista Linton Wallis Figueiredo Souza, de 48 anos. Ele foi preso no dia anterior em Montes Claros, no norte de Minas, suspeito de sedar pelo menos duas pacientes durante uma cirurgia estética laser e abusar sexualmente das mulheres, todas virgens.
Segundo a delegada Karine Maia Costa, as investigações tiveram início em março deste ano, quando um estudante de direito, de 21 anos, denunciou à polícia as suspeitas. A vítima contou que, no dia 17 de março, compareceu à clínica de Linton, onde foi sedada por via oral para realização de uma cirurgia estética do tipo “genesis”.

 

Fonte: r7

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios *

*

13 − 3 =