Home / Destaque / Bahia enfrenta três concorrentes pelo acesso nos próximos quatro jogos

Bahia enfrenta três concorrentes pelo acesso nos próximos quatro jogos

Foi-se o tempo na atual Série B em que o G4 era apenas um sonho distante para o Bahia. O tricolor chegou a iniciar a rodada passada dentro do grupo de acesso à primeira divisão, após a vitória por 4×2 sobre o Goiás, na Fonte Nova.  No entanto, o empate com o CRB por 2×2, em Maceió, empurrou o Bahia para a sexta posição, a dois pontos do quarto colocado Londrina e também do Avaí, em terceiro lugar.

Neste momento da competição, a tabela possibilita ao tricolor uma nova reação e um consequente retorno ao grupo seleto. Nas próximas quatro rodadas, o tricolor fará três jogos contra concorrentes diretos na briga pelo acesso.

Sexta-feira, o adversário é o Criciúma, às 19h15, na Fonte Nova. O time catarinense é o sétimo colocado com os mesmos 40 pontos do Bahia, mas com saldo de gols inferior. Na sequência virão Londrina fora de casa (4º colocado com 42 pontos), Tupi em casa (ponto fora da curva; 18º colocado com 26 pontos) e o Brasil de Pelotas  (5º colocado com 41 pontos) também em casa.

Há de se considerar que, nessa sequência, serão nove pontos em disputa na Fonte Nova, onde o Bahia tem se sustentado como melhor mandante da competição, e apenas três longe de Salvador.

Até o final do campeonato, o tricolor terá outros dois confrontos diretos: receberá o Ceará, que mesmo em queda segue a dois pontos do G4, na 9ª posição com 40 pontos também; e visitará o Atlético Goianiense, atual vice-líder com 48 pontos, no Serra Dourada, pela última rodada.

Para o meia Renato Cajá, o apoio do torcedor tem sido essencial para a boa campanha dentro de casa. “É importantíssimo. Temos que fazer um grande jogo, uma grande semana, para que, na sexta-feira, eles possam encher o estádio e a gente estar com o gás todo, a mil por hora. Fazer um grande jogo, subir na tabela, entrar no G4 e não sair mais”.

Remoendo 

Apesar do foco já estar voltado para o jogo contra o Criciúma,  o empate diante do CRB, no sábado, parece ainda incomodar o elenco. “Pelas circunstâncias, foi uma derrota. Todo mundo saiu triste, queríamos acabar com a sina de não vencer fora de casa. Mas temos que engolir seco essa situação, aprender e ir para frente, porque tem jogo importante contra o Criciúma”, lamentou Cajá. O Bahia vencia por 2×0 e tinha um jogador a mais, mas cedeu o empate.

Ontem, os jogadores bateram um longo papo com Guto Ferreira e os que atuaram mais de 45 minutos contra o CRB fizeram trabalho físico. Contra o Criciúma, Eduardo volta de suspensão e retorna à lateral direita no lugar de Tinga.

Por: Correio

 

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios *

*

dez + 18 =