Home / Destaque / Após fim da parceria com programa Mais Médicos, 400 cubanos permanecem no Brasil sem autorização

Após fim da parceria com programa Mais Médicos, 400 cubanos permanecem no Brasil sem autorização

Cerca de 400 cubanos permaneceram no Brasil sem permissão depois do fim da parceria com o programa Mais Médicos. Segundo a Opas/OMS, Organização Pan-Americana da Saúde da Organização Mundial da Saúde, muitos dos que ficaram estão doente e devem retornar a Cuba em breve.

Além dos cubanos sem autorização no país, cerca de 1.800 são casados com brasileiros e já tinham o consentimento do governo cubano para ficar. Aproximadamente 6.000 médicos já retornaram ao país de origem e municípios aguardam a vinda dos novos médicos, ainda sem previsão para chegada.

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios *

*

10 + 3 =