Home / Destaque / Após romper com Maduro, Juiz do Supremo da Venezuela deserta e foge para o exterior

Após romper com Maduro, Juiz do Supremo da Venezuela deserta e foge para o exterior

Juiz do Supremo Tribunal de Justiça (TSJ) da Venezuela, Christian Zerpa desertou e partiu para o exterior ontem (6). Segundo o tribunal, ele foge de investigação por supostos crimes sexuais.

Um dia depois de boatos sobre o rompimento de Zerpa com o governo de Nicolás Maduro, o TSJ anunciou em comunicado que o juiz está sob investigação por “assédio sexual, atos lascivos e violência psicológica” contra funcionárias de seu escritório.

O presidente do TSJ, Maikel Moreno, assegurou que diante de “repetidas queixas” de “conduta indecente e comportamento imoral”, as autoridades iniciaram uma ação judicial contra Zerpa.

Zerpa militou no Partido Socialista Unido da Venezuela (PSUV) e é alvo de sanções financeiras do Canadá.

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios *

*

dois − 2 =