Home / Destaque / Collor tenta adiar, mas Fachin mantém audiência no STF para hoje

Collor tenta adiar, mas Fachin mantém audiência no STF para hoje

A defesa do senador Fernando Collor (Pros-AL) pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) o adiamento de uma audiência marcada para hoje (12), mas o ministro Edson Fachin negou e manteve a oitiva, que acontece na sede do STF. As informações são do blog de Andréia Sadi, no G1.

Em 2017, a Segunda Turma do STF aceitou a denúncia apresentada pelo Ministério Público Federal, e Fernando Collor virou réu por corrupção passiva, lavagem de dinheiro e comando de organização criminosa, no âmbito da Operação Lava Jato.

A defesa do senador pediu que a audiência fosse adiada “com intuito de conhecer detidamente” o processo. Acrescentou, ainda, que o senador deveria estar “genuinamente apto” a rebater as acusações. No entanto, o ministro Fachin rejeitou o pedido.

A Procuradoria-Geral da República acusa o grupo de Collor de ter recebido, entre 2010 e 2014, quase R$ 31 milhões em propina para viabilizar contratos da BR Distribuidora com postos de combustíveis e empreiteiras. Desde o início das investigações, a defesa do senador nega irregularidades, afirmando que ele provará inocência ao final do processo.

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios *

*

dezoito − seis =