Home / Destaque / Irmãs baianas criam ‘bafômetro’ que detecta ao menos 15 tipos de doença

Irmãs baianas criam ‘bafômetro’ que detecta ao menos 15 tipos de doença

Duas irmãs do município de Feira de Santana, situado a cerca de 100 km de Salvador, criaram um dispositivo semelhante ao bafômetro que, ao invés de detectar a presença do álcool por meio do sopro, identifica ao menos 15 tipos de doenças.

De acordo com o G1, Nathália Nascimento, de 31 anos, desenvolveu o OrientaMed por meio de aplicações de inteligência artificial de um trabalho científico do seu doutorado de Computação. No processo, ela teve ajuda da irmã Júlia, de 26, que estuda biotecnologia.

O funcionamento do aparelho envolve a captura do sopro e o envio dos dados do paciente ao computador. O resultado sai pouco tempo depois.

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios *

*

cinco × 1 =