Home / Destaque / Lava Jato repete erros da Operação Mãos Limpas, acredita filósofo

Lava Jato repete erros da Operação Mãos Limpas, acredita filósofo

Filósofo e professor da Unicamp, Roberto Romano acredita que a Operação Lava Jato repete os mesmos erros da Operação Mão Limpas – investigação que desbaratou uma série de crimes de corrupção na Itália nos anos 80.

“O combate à corrupção se tornou um elemento fundamental na vida pública no mundo e no Brasil. O problema é como combater. Só se pode combater sem aviltar o poder e sem meios corruptos. Quando você vê essa situação, repete aquilo que aconteceu na Operação Mãos Limpas. Os promotores se colocaram acima da lei. Além de não melhorar a Itália, eles pioraram. Atacaram os moderados e abriram caminho para o Berlusconi”, relembra, em entrevista a Mário Kertész, na Rádio Metrópole.

Para Romano, a sensação de poder subiu à cabeça dos “meninos da Lava Jato e do ex-juiz Sérgio Moro”. “A nossa história, passando por Jânio Quadros, Collor, você tem esse mito sendo construído à espera de salvadores. Ou o presidente salvador ou uma instituição. O poder subiu à cabeça dos meninos da Lava Jato e do juiz Moro. Hoje eles reclamam enormemente dos vazamentos, e quando eles vazaram? Acho que temos muito que pensar nessa situação”, apontou.

Por: Metro 1

 

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios *

*

15 + 15 =