Home / Destaque / Após ataques de Bolsonaro, Petrobras cancela contrato com presidente da OAB

Após ataques de Bolsonaro, Petrobras cancela contrato com presidente da OAB

A Petrobras enviou ontem (6) uma carta ao escritório de advocacia do presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Felipe Santa Cruz, comunicando o cancelamento do contrato que mantinha com ele. As informações são da coluna de Mônica Bergamo, na Folha.

O escritório de Santa Cruz atuava em causas trabalhistas da estatal, e no ano passado, venceu uma ação estimada em R$ 5 bilhões que seriam pagos como horas extras atrasadas a funcionários embarcados nas plataformas de petróleo da estatal. O julgamento da ação no Tribunal Superior do Trabalho (TST) foi apertado: 6 votos a favor e 5 contrários.

Santa Cruz afirmou que vai entrar na Justiça com uma ação para reparação de danos e disse que “há claramente uma perseguição política em curso”, já que foi alvo de ataques de Jair Bolsonaro na semana passada. A Petrobras não quis comentar o caso.

Por: Metro1

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios *

*

3 × 1 =