Home / Destaque / Fazendeiro que fez segurança de miliciano morto é solto após pagar fiança de R$ 3 mil

Fazendeiro que fez segurança de miliciano morto é solto após pagar fiança de R$ 3 mil

O fazendeiro Leandro Abreu Guimarães, que fazia a segurança do miliciano Adriano Magalhães da Nóbrega, foi solto da delegacia de Esplanada (BA) hoje (12) após pagar fiança de R$ 3 mil, de acordo com o G1.

Além da fiança, Leandro ainda vai precisar cumprir medidas como comparecer no cartório criminal, no Fórum de Esplanada, a cada dois meses, durante um ano.

Adriano Magalhães da Nóbrega morreu em confronto policial, em um sítio do vereador do PSL Dilsinho do Dedé, depois de fugir para o local.

Inicialmente, o miliciano se escondia em uma fazenda de propriedade de Leandro, que afirmou à polícia ter sido obrigado por Adriano a levá-lo para o outro imóvel onde o ex-capitão acabou morto.

Leandro havia sido preso em flagrante no domingo (9), após policiais militares terem encontrado três armas em sua propriedade. A Justiça concedeu liberdade ao fazendeiro ontem (11). O MP havia pedido que a prisão em flagrante de Leandro fosse convertida em preventiva, mas a solicitação não foi aceita.

De acordo com o depoimento do fazendeiro à polícia, os dois se conheciam anteriormente por conta de eventos, como vaquejadas. Leandro disse que não sabia que Adriano era matador de aluguel ou miliciano: “Sempre o tratei como criador de cavalos”, disse à polícia.

Por: Metro1

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios *

*

17 + 6 =