Home / Destaque / Sem apresentar provas, Bolsonaro diz que houve fraude eleitoral e que foi eleito no 1º turno

Sem apresentar provas, Bolsonaro diz que houve fraude eleitoral e que foi eleito no 1º turno

Sem apresentar provas, o presidente Jair Bolsonaro afirmou ontem (9) que houve fraude eleitoral em 2018 e que, na realidade, ele teria sido eleito no primeiro turno. O chefe do Executivo nacional afirmou que é preciso aprovar um sistema seguro de apuração de votos no Brasil e que, caso isso não seja feito, a esquerda pode voltar ao poder em 2022. A declaração foi dada durante um evento com apoiadores brasileiros em Miami.

“Pelas provas que tenho em minhas mãos, que vou mostrar brevemente, eu fui eleito no primeiro turno mas, no meu entender, teve fraude”, disse Bolsonaro.

“E nós temos não apenas palavra, temos comprovado, brevemente quero mostrar, porque precisamos aprovar no Brasil um sistema seguro de apuração de votos. Caso contrário, passível de manipulação e de fraudes. Então acredito até que eu tive muito mais votos no segundo turno do que se poderia esperar, e ficaria bastante complicado uma fraude naquele momento”, completou.

Bolsonaro não apresentou indícios concretos da possível fraude eleitoral, nem durante o discurso, nem ao ser questionado por jornalistas.

No discurso de ontem, Bolsonaro fez pressão sobre o Congresso ao dizer que as manifestações marcadas para o dia 15 de março podem perder força caso os presidentes da Câmara e do Senado desistam da divisão do Orçamento. Ele também voltou a atacar a imprensa e afirmou que o grande problema do Brasil é a esquerda.

Por: Metro1

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios *

*

vinte + 10 =