Home / Destaque / MEC não tem plano de contingência para o Enem contra coronavírus

MEC não tem plano de contingência para o Enem contra coronavírus

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Anísio Teixeira (Inep), responsável pela produção do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), não tem um plano de contingência para a realização da prova caso a pandemia do novo coronavírus se prolongue até novembro, segundo informou Camilo Mussi, presidente substituto do órgão, à Folha de S. Paulo. As inscrições para a prova começaram nesta segunda (11).

Segundo Mussi, o Ministério da Educação e o Inep têm dialogado com o Ministério da Saúde para que decisões sejam tomadas. Não há, no entanto, qualquer possibilidade de o Enem 2020 ser cancelado. Um eventual adiamento seria prejudicial para o acesso de estudantes à universidade, mas o presidente do instituto afirma que dentro de um mês haverá nova reunião com o ministério para reavaliar a situação.

Um funcionário da área técnica do Inep disse à Folha, em condição de anonimato, que o instituto costuma criar planos de contingência para eventuais crises, mas que não houve um planejamento específico relacionado à pandemia do novo coronavírus. Segundo ele, já há atrasos na preparação do órgão para o exame. O contrato com a gráfica ainda não está assinado, e as equipes responsáveis pela prova estão enfrentando diversos problemas operacionais. Caso essas questões não sejam superadas, pode não haver Enem em 2020.

Por: Metro1

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios *

*

três − um =