Home / Destaque / Total de armas nas mãos de cidadãos cresceu 601% em 10 anos

Total de armas nas mãos de cidadãos cresceu 601% em 10 anos

O número de armas de fogo em posse de cidadãos comuns aumentou 601% em 10 anos, segundo dados obtidos pelo jornal O Globo junto à Polícia Federal. O crescimento foi registrado em 25 Estados e no Distrito Federal. Apenas o Amazonas teve queda no período analisado.

De acordo com a PF, foram 8.692 armas registradas em 2009. Já em 2019, o total foi de 60.973. Até abril de 2020, foram 33.776 novas armas. Também houve alta no número de novas concessões para porte de arma (direito de andar armado), passando de 898 em 2009 para 2.945 em 2019, aumento de 227%.

Na Bahia, são 9.987 armas ativas, ou 67,1 por 100 mil habitantes. A taxa é a segunda menor do país, à frente apenas do Maranhão.

Do total de 1,1 milhão de armas registradas, 550 mil estão nas mãos de cidadãos, 341 mil com órgãos públicos (como a PF e polícia civil) e o restante pertence a empresas de segurança privada. Os dados não incluem as armas em posse das Forças Armadas e polícias militares, que são cadastradas em um sistema próprio do Exército.

O crescimento ocorre no contexto da flexibilização do acesso às armas, promessa de campanha do presidente Jair Bolsonaro.

Por: Metro1

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios *

*

1 × quatro =