Home / Destaque / Supremacista de 17 anos é preso acusado de matar manifestantes antirracistas nos EUA

Supremacista de 17 anos é preso acusado de matar manifestantes antirracistas nos EUA

Um adolescente, identificado como Kyle Rittenhouse, de 17 anos, foi preso ontem (26) acusado de homicídio por ter participado de um tiroteio que deixou dois mortos e um ferido durante protestos contra violência policial com pessoas negras em Kenosha, no estado americano de Wisconsin.

A cidade tem sido alvo de manifestações desde domingo (23), depois que um policial dar sete tiros à queima-roupa nas costas do jovem negro Jacob Blake, de 29 anos.

Vídeos divulgados na internet mostram Rittenhouse com uma arma de cano longo, que aparenta ser um fuzil, na região dos protestos. Ele chega a conversar com a polícia, que pede que ele se retira do local, mas não age para contê-lo nas imagens.

O adolescente é também apontado como membro do grupo supremacista Boogaloo Boys.

Por: Metro1

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios *

*

sete + 10 =