Home / Destaque / Estudo indica que Nordeste perderá avanço econômico obtido com auxílio emergencial

Estudo indica que Nordeste perderá avanço econômico obtido com auxílio emergencial

Um estudo da consultoria Tendências mostra que o rendimento dos habitantes da região Nordeste aumentou 8,3% com o auxílio emergencial, que teve a sua última parcela depositada em dezembro do ano passado.A pesquisa indica, porém, que essa melhora em 2020 deve ser revertida em uma piora em 2021: a economia tende a despencar 8% na região.

Essa queda só é menor do que a da região Norte, que cresceu 13,1% com o benefício do governo e tem previsão de queda de 8,5%. Se considerarmos a relação dos dados, porém, o nordestinos voltarão praticamente à estaca zero, com apenas 0,3% de sobra, enquanto os nostistas ficarão com 4,6 pontos percentuais positivos ainda.

A renda do país, no total, cresceu 4,6% com o programa no ano passado e deve cair 3,7% este ano.

Por: Metro1

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios *

*

10 − 5 =