Home / Destaque / Planalto determina que cartão de vacinação de Bolsonaro fique em sigilo por 100 anos

Planalto determina que cartão de vacinação de Bolsonaro fique em sigilo por 100 anos

O Palácio do Planalto determinou que os dados do cartão de vacinação do presidente da República Jair Bolsonaro (sem partido) permaneçam em sigilo por cem anos.O líder de Estado já fez várias declarações menosprezando as vacinas contra o coronavírus, que ele já chegou a caracterizar como uma “gripezinha”, e afirmou que se recusa a receber a dose do imunizante.

Em seu histórico de ataques, Bolsonaro também falou da vacina da Pfizer, criticando os termos contratuais da empresa. “Lá no contrato da Pfizer, está bem claro: ‘Nós não nos responsabilizamos por qualquer efeito colateral’. Se você virar um jacaré é problema seu”, disse. O governo ignorou as ofertas do imunizante, que seriam entregues em dezembro de 2020 ao Brasil.

Em maio, o presidente foi obrigado pelo Supremo Tribunal Federal a divulgar os documentos que mostravam os resultados dos seus exames para Covid-19.

Por: Metro1

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios *

*

16 − dezesseis =