DestaqueNotíciasRegiãoSaúde

Bahia registra mais de 400 casos da Febre do Oropouche; veja panorama do Recôncavo

O estado da Bahia já registrou 438 casos da Febre do Oropouche. Segundo informações divulgadas pelo Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen), no dia 17 de maio, 34 municípios do estado já registraram casos da arbovirose transmitida pelo mosquito maruim (ou meruim). Esta foi a última atualização divulgada pelo órgão.

Quatro cidades do Recôncavo baiano aparecem no levantamento do Lacen. Amargosa, ocupa o terceiro lugar da lista baiana, mas lidera entre as cidades da região, com total de 49 casos confirmados, seguida por Santo Antônio de Jesus, Jaguaripe e Maragojipe, com 12, oito e um casos confirmados, respectivamente. Salvador só aparece no décimo primeiro lugar com cinco casos confirmados.

O Bahia Recôncavo entrou em contato com o Centro de Ciências da Saúde (CCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), para obter mais informações sobre a Febre do Oropouche na região do Recôncavo, mas não obteve resposta até a conclusão desta matéria.

O número de casos no Brasil

O Ministério da Saúde já havia emitido um alerta sobre o aumento de casos no país em um boletim do dia 15 maio. Segundo o órgão, desde o início do ano já foram confirmados 5.102 casos da doença em todo país, número cinco vezes maior do que de 2023, ano que foram registrados 832 casos.

Endêmico da região amazônica, 13 estados já confirmaram em 2024 a presença da doença viral, conforme boletim do Ministério. Os estados do Amazonas e Rondônia apresentam maior número, com 2.947 e 1.528 casos, respectivamente.

Por Camila Souza Silva

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo